Alguma notícia está errada? Contate-nos

Categorias

Edit Template

Mais um denunciante no caso do 737 Max da Boeing morre nos EUA

Pouco menos de dois meses após John Barnett ter, aparentemente, se suicidado, outro denunciante do caso do jato 737 Max da Boeing morreu em circunstâncias misteriosas. O ex-funcionário da fornecedora Spirit AeroSystems, Joshua Dean, de 45 anos, morreu após contrair um mal súbito, informou o jornal The Seattle Times na quarta-feira (1). Segundo o jornal, a a tia de Dean, Carol Parsons, disse que o sobrinho foi ao hospital há duas semanas após ter apresentado dificuldade para respirar. Ele desenvolveu pneumonia e MRSA, uma infecção bacteriana grave, foi intubado e seu quadro começou a piorar. O Business Insider lembra que Dean testemunhou contra a Spirit em um processo de acionistas no ano passado, com o ex-inspetor de qualidade acusando a empresa de mau controle de qualidade na produção de aeronaves para a Boeing. Fonte: Clique aqui

Compartilhar notícias:

resuminho.com.br

Resumindo noticias para você não perder tempo. E o melhor, com fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre

Somos um site que faz resumos de notícias para que você tenha informações rápidas com fontes sem enrolação

Nos siga nas redes

© 2024 Resuminho – Todos os direitos reservados