Alguma notícia está errada? Contate-nos

Categorias

Edit Template

Justiça torna ré e manda soltar mulher que levou tio morto a banco

A Justiça do Rio aceitou a denúncia contra Érika Souza, a mulher que levou o tio morto a uma agência bancária para tentar sacar um empréstimo. Ela se tornou ré por vilipêndio de cadáver e tentativa de furto mediante fraude. No entanto, o Tribunal também aceitou o pedido da defesa de Érika para que ela responda em liberdade e determinou a expedição do alvará de soltura. A decisão é da juíza Luciana Mocco, da 2a Vara Criminal da Regional de Bangu. A magistrada concordou com os argumentos apresentados pela defesa, de que a manutenção da prisão seria uma medida extrema, já que Érika é ré primária, tem residência fixa e é portadora de saúde mental debilitada. Para a juíza, Erika também não apresenta periculosidade que possa prejudicar as investigações ou a ordem pública. Humilde, discreto, sem esposa e filhos: amigos e vizinhos contam quem era tio Paulo Apear de concordar que o caso tem grande clamor público, a juíza pontua que isso por si só não é suficiente. Fonte: Clique aqui

Compartilhar notícias:

resuminho.com.br

Resumindo noticias para você não perder tempo. E o melhor, com fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre

Somos um site que faz resumos de notícias para que você tenha informações rápidas com fontes sem enrolação

Notícias recentes

Nos siga nas redes

© 2024 Resuminho – Todos os direitos reservados