Alguma notícia está errada? Contate-nos

Categorias

Edit Template

Dois dias depois, Pequim reage à ‘traição’ de novo líder em Taiwan

Passados dois dias da posse de Lai Ching-te em Taiwan, imprensa e mídia social na China responderam mais agressivamente a seu discurso, com destaque para o chanceler Wang Yi, que o descreveu como “a maior ameaça à paz no estreito” que separa a ilha do continente. Citando Lai pelo nome, Wang disse que ele “traiu a nação e seus antepassados”. O Renmin Ribao ou Diário do Povo, principal jornal do Partido Comunista da China, dedicou uma página para as críticas a Lai. E a rede social Weibo, que havia derrubado hashtags sobre a ilha desde segunda-feira, atravessou manhã e tarde desta quarta tendo como tópico mais popular “Taiwan nunca foi um país e nunca será um país”. Entre as mensagens de mais repercussão no Weibo, um usuário escreveu que “agora só temos que aguardar uma oportunidade”. E um dos principais comentaristas chineses de assuntos militares, Song Zhongpin, avaliou que o discurso eleva o risco de guerra. Fonte: Clique aqui

Compartilhar notícias:

resuminho.com.br

Resumindo noticias para você não perder tempo. E o melhor, com fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre

Somos um site que faz resumos de notícias para que você tenha informações rápidas com fontes sem enrolação

Nos siga nas redes

© 2024 Resuminho – Todos os direitos reservados